CENP - CENTRO EDUCACIONAL NOVA PIAM em Toda Cidade, Belford Roxo, RJ

Compartilhar
   
Funcionamento

CENP - CENTRO EDUCACIONAL NOVA PIAM

COLÉGIO PARTICULAR EM BELFORD ROXO

Rua Odete, 13 Nova Piam,
Belford Roxo RJ
Telefone:
(21)2761-2236

Celular:
(21)2661-3449

COMENTÁRIOS
  • Seja o primeiro a comentar!

10 motivos para fazer publicidade na internet

Por Karolina Valença 

1. O número de Usuários na internet tem crescido absurdamente, seu negócio estará disponível para milhares de internautas

De acordo com dados do IBOPE Media, o número de pessoas com acesso à internet no Brasil chegou a 105,1 milhões no segundo trimestre de 2013, o que representa um crescimento de 3% na comparação com os 102,3 milhões, registrados no trimestre anterior. Portanto o mercado de publicidade online no Brasil está em alta, e um estudo feito pela ComScore e IAB apontou que os brasileiros são receptivos à publicidade na internet. Os entrevistados consideraram a publicidade online criativa e rica em conteúdo, sendo assim um ótimo investimento não acham?

2.   Os Internautas sentem necessidade de opiniões

A consultoria McKinsey, apontou que o uso de mídias digitais para a decisão de compra atinge 56% dos consumidores brasileiros. A maioria desses consumidores quer saber opiniões de amigos ou de outras pessoas, mesmo que desconhecidas antes de comprar determinado produto. São pessoas que encontram nos contatos das redes sociais as melhores fontes para conhecer, discutir e adquirir produtos e serviços.

3.  A oportunidade de conquistar seguidores ou fãs fiéis à marca

Caso a empresa vá interagir diretamente com seu público nas redes sociais, ela pode criar perfis em canais que permitem conversar diretamente com os clientes, além de ter todas as suas publicações seguidas por eles. Os mais comuns são:    Twitter que nada mais é do que uma espécie de pequeno blog onde os usuários têm até 140 caracteres para escrever sobre qualquer assunto, nele você acumula seguidores que tem acesso a todas as postagens podendo seguir, curtir ou fazer um retweet (forma de compartilhar alguma mensagem com todos os seus seguidores).   Fanpage no Facebook que é uma página de fãs direcionadas para empresas, ou qualquer organização com fins lucrativos ou não que desejem interagir com seus clientes através de postagens diárias. Na fanpage ao invés de seguidores, acontece um acúmulo de fãs, que podem curtir ou compartilhar informações postadas.   OPinterest, que é a rede social mais usada por marcas de roupa e editores de estilo, pois permite que o usuário crie e compartilhe quadros virtuais de fotos e vídeos. O Tumblr que é uma plataforma de blogging que permite aos usuários publicarem textos, imagens, vídeo, links, citações, áudio entre outros e o LinkedIn que é um site de negócios que possui o formato de uma rede de relacionamento,  podem ser boas opções de acordo com a região demográfica e o público-alvo.

 4.   Fortalecimento de vínculo com cliente

Através da internet, é possível obter uma interação direta com os clientes, o que facilita resolver problemas, esclarecer dúvidas, buscar dicas e opiniões entre outros benefícios. Quando se adere a este tipo de publicidade, as marcas deixam de ser algo intangível, e passam a fazer parte da rotina dos usuários, tornam-se um pouco mais “humanas”, passam a estar a apenas “um clique” de distancia de seus clientes, gerando assim confiabilidade por parte dos mesmos.

  5.  Expansão de Criatividade

 Permite a marca que ela se mostre de forma mais criativa. Podendo contar com anúncios mais descontraídos. Posts engraçados, tweets diferenciados, pins específicos, e-mail marketing direcionado a determinado público. Várias são as opções nas quais a informação pode ser veiculada na internet. E a empresa pode usar e abusar da criatividade.

  6.  Maior Lealdade a Marca

 Ao mesmo tempo que a publicidade é feita através de meios digitais, e toma uma proximidade maior do público que quer atingir, a marca acaba criando vínculos emocionais com o cliente. Ajudando assim a construir uma lealdade do cliente para com ela. E consumidores leais não estão geralmente ligados a preço, e sim a qualidade e aos benefícios que a empresa pode proporcionar.

 7.  Possibilidade de conteúdos não lineares

Cada pessoa tem diferentes formas de pensamento, e cada usuário navega de uma forma diferente do outro na internet. Possibilitar a não linearidade na hora de fazer a publicidade de algum produto/serviço é genial, pois cada usuário vai escolher que percurso gostaria de fazer através dos links disponibilizados, ou seja, a publicidade fica mais interativa e o próprio cliente que vai escolher a ordem das informações que quer acessar.

  8.  Faz com que sua marca esteja sempre na memória e ao alcance do cliente     

É muito mais fácil um cliente se lembrar de um site, ou de uma fanpage de determinada empresa do que do seu telefone ou e-mail. Além do fato de que ter um perfil em redes sociais ou um site deixa sua empresa disponível 24 horas por dia, o que facilita a procura e a comunicação cliente-empresa.

  9.  Vendas e publicidade através de aplicativos Mobile

79% dos brasileiros possuidores de smartphones usam seus telefones celulares para auxiliá-los em alguma etapa do seu processo de compra. Além do que através da internet móveis boa parte dos usuários passa o dia conectado e “antenado” com tudo que está rolando no mundo digital. Portanto investir em publicidade em aplicativos mobile é extremamente interessante para a empresa.

 10.  Venda e Publicidade na Internet contribuem para o crescimento e visibilidade da empresa

 O grande diferencial da Publicidade online é a divulgação segmentada, focada em públicos predefinidos que possuem um bom poder de compra, chamar a atenção desse público aumenta a visibilidade da marca e contribui significativamente para o aumento das vendas.  

 

Fonte: http://www.digai.com.br/2013/12/10-motivos-para-fazer-publicidade-na-internet/

 


Como preservar sua privacidade no mundo digital

É inegável que os smartphones provocaram uma verdadeira revolução em nossas vidas. Através deles nos conectamos com o mundo, encontramos o caminho certo quando estamos perdidos e podemos fazer compras ou movimentações bancárias sem ter que encarar estacionamentos e filas. Mas essas conveniências têm um preço, que estamos apenas começando a entender.

Em um mundo onde a privacidade online é uma preocupação cada vez maior, especialistas em segurança dizem que um de nossos maiores erros é a premissa de que se escondermos nossas identidades com senhas e pseudônimos, nos manteremos seguros e anônimos. Mas as evidências mostram que não é preciso muito para que nossas identidades sejam reveladas.

Em janeiro, um estudo que analisou dados de cartões de crédito mostrou que apenas quatro informações são necessárias para ligar um indivíduo ao registro "anônimo" de suas operações – uma delas são as coordenadas geográficas que podem ser retiradas de um smartphone.

E quais são as outras informações potencialmente perigosas? O que elas podem revelar? Como proteger melhor seus dados pessoais no futuro? Conheça aqui as respostas.

Quais dados mais me colocam em risco?

Datas, horários, localização geográfica e o número de série de um smartphone são os itens que mais podem revelar suas atividades e por onde você anda. O conjunto dessas informações é conhecido como metadados, ou arquivos Exif do smartphone. Esses fragmentos de informação podem ser colocados juntos para formular sua identidade.

A maioria das pessoas vê a marcação de localização geográfica como a maior ameaça à sua privacidade. Trata-se de uma ferramenta que muitos aplicativos utilizam para encontrar e divulgar a exata localização de seus usuários.

No Facebook, por exemplo, essa informação é transmitida automaticamente quando você posta algo ou conversa no chat – é necessário desabilitá-lo manualmente. Isso também ocorre em aplicativos como o Instagram e o Twitter. O problema é que ela revela a localização das pessoas quando elas pensavam que ninguém sabia onde elas estavam.

Como essas informações podem revelar minhas atividades?

No início deste ano, um criminoso chamado Ashley Keast foi preso em flagrante depois de postar uma foto sua comemorando o roubo do smartphone que ele estava usando. Mesmo tendo trocado o chip interno antes de mandar a foto pelo WhatsApp, amigos da vítima reconheceram o local e chamaram a polícia.

Mais recentemente, o aplicativo de encontros Grindr foi investigado por revelar demasiadas informações sobre a localização de seus usuários. Colby Moore e Patrick Wardle, da empresa de segurança online Synack, descobriram que se alguém criasse três perfis separados no Grindr e procurasse por outro usuário específico, cada perfil traria informações capazes de localizar aquela pessoa.

A Synack disse que outros aplicativos semelhantes podem apresentar o mesmo problema, já que usam tecnologias parecidas.

Mas, felizmente, a localização é um aspecto que você pode controlar através das configurações de cada aplicativo no menu principal de seu telefone, como lembra o especialista em segurança de computadores Graham Cluley.

Os metadados ainda podem ser coletados de seu smartphone mesmo quando você está realizando a tarefa mais básica de telefonar para alguém.

"Não é a mesma coisa que alguém escutar seus telefonemas", afirma Cluley sobre as informações que as empresas de telefonia recolhem sobre seus clientes. "Mas elas conseguem saber para quem você ligou, quanto tempo falou e onde você estava ao fazer aquela chamada".

Então, mesmo que a conversa tenha ficado oculta, as pessoas ainda podem preencher lacunas, o que pode ter consequências graves. "Basta pensar que se você ligou para um serviço de sexo por telefone às 2h e falou por 18 minutos, não é preciso ouvir a conversa para imaginar seu conteúdo", diz o especialista.

Mas eu não concordei com nada disso. Isso é legal?

É muito provável que você tenha, sim, concordado. E a atividade é legal. Cada vez que você entra em uma rede social ou usa um serviço como o Facebook, por exemplo, você está optando por ter todos os seus movimentos registrados só por usar esses aplicativos e sites.

Infelizmente, ao acessar esses programas você deixa um rastro de dados bastante detalhado. Esses dados podem facilmente serem colocados lado a lado para formar uma narrativa a seu respeito.

Assim como as operadoras de telefonia têm o direito de gravar metadados de suas chamadas, as redes sociais também o têm. Para piorar, algumas empresas digitais apresentam políticas de privacidade em textos superextensos, desencorajando os usuários a ler tudo. O site PayPal, por exemplo, tem um texto de termos e condições mais longo que Hamlet, de Shakespeare.

O que mais meu telefone pode revelar?

Celebridades e outras personalidades já aprenderam que metadados são potencialmente perigosos.

No ano passado, a Comissão de Táxis e Limusines de Nova York divulgou uma lista de todas as corridas realizadas pelas empresas afiliadas, incluindo horários, lugares, valor da corrida, gorjetas e o número do registro dos veículos.

Com a informação divulgada, um estagiário de uma firma de pesquisas conseguiu descobrir onde e quando alguns famosos, como Bradley Cooper e Jessica Alba, pegaram táxis, e quanto pagaram em gorjetas.

Eu não sou famoso. Quem quer saber dos meus detalhes?

Documentos como os divulgados em Nova York podem ser usados para determinar onde você anda – se você foi parar em um clube de strip-tease ou em casa, por exemplo.

Os metadados também podem ser usados para revelar informações mais íntimas. Segundo um relatório do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), até o estado mental de alguém pode ser determinado pela frequência com que faz telefonemas ou usa o smartphone.

Devo me preocupar com alguém me ter como alvo?

Quanto mais plataformas online você usar para se comunicar, mais chances você tem de ser hackeado. E um hacker pode até ser alguém que você conhece.

Segundo Cluley, é possível comprar facilmente na internet itens que normalmente são vendidos para pais que querem monitorar a atividade dos filhos. Isso significa que qualquer pessoa também pode usá-los a aparelhos desbloqueados para acompanhar a atividade de alguém.

Há ainda os serviços de reconhecimento facial, como o DeepFace, que o Facebook usa para reconhecer seus amigos nas fotos. Muitas pessoas temem que softwares como esse comprometam ainda mais a privacidade das pessoas comuns.

O que as empresas deveriam fazer?

É importante entender que quando você usa uma rede social, você não é apenas um consumidor, mas também um produto. Por isso, as empresas por trás dessas redes não pensam em mudar seus modelos de negócio para se tornarem mais amigáveis a seus usuários.

Isso, no entanto, abre oportunidades para novas empresas criarem softwares que podem disfarçar ou embaralhar metadados.

Um aplicativo chamado CacheCloak está sendo desenvolvido para mascarar as coordenadas geográficas de quem o utiliza. Outra tecnologia cada vez mais popular é a que permite o uso de senhas com autenticação de voz.

O que posso fazer para reduzir meu rastro na rede?

Felizmente existem muitas maneiras de diminuir a quantidade de metadados que você dissemina.

A solução mais simples é ir às configurações de privacidade de seu smartphone e selecionar quais aplicativos podem ou não ter acesso à sua localização.

Já nas redes sociais, você pode optar por ter apenas seus amigos como público de seus posts.

No Facebook, não se esqueça também de desligar a opção de marcação de localização que pode ser encontrada na sua barra de status e no serviço de mensagens instantâneas.

E uma regra fundamental: se você não quer que informações sobre você e fotos suas acabem nas mãos de desconhecidos, simplesmente não as coloque na internet.

 


 

10 dicas para um emagrecimento saudável

Comer, comer, comer! Para quem quer emagrecer, a comida não sai da cabeça 24 horas por dia.

O que era um ato espontâneo, passa a ser pré-determinado. Explica-se: emagrecer requer horários para as refeições, não poderá mais ir correndo para a geladeira a qualquer momento só para satisfazer uma mera vontade.

Alimentar-se é fonte de prazer, mas, primeiramente, fonte de energia e nutrientes para o organismo.

Convenhamos, quando se fala em dieta ou disciplina alimentar quem é que não torce o nariz? Quem é que não acha que vai cair de pára-quedas em um campo de concentração, onde irá tocar a sirene da alimentação sem gosto?

Esqueça tudo isso! Alimentação sem sabor e altamente restrita significa caminho oposto do emagrecimento saudável. Isso mesmo. Antes de dar pulos de alegria é bom saber e ter certeza do que pretende para você.

Emagrecer por estética só para entrar naquele vestido que insiste em ficar justo ou para entrar na calça de um ano atrás que tinha caimento perfeito faz com que loucuras sejam cometidas. Tenta-se de tudo. Dias e dias ingerindo somente saladas. É a dieta verde! Dias e dias bebendo só sucos. É a dieta da vitamina! Dias seguidos engolindo a mesma sopa. Que dieta é essa?

Atitudes emergenciais trarão sucesso? Depende do que se entende por sucesso. Se ele significa ir àquela festa com o tão sonhado vestido, parabéns! Um conselho? Prepare-se para o que virá. Não se desespere se, na semana seguinte, encontrar dificuldades em entrar na mesma peça de roupa. Agora, se pretende mudar a alimentação para ter um corpo mais saudável, mais disposto e mais bonito, a conversa é outra.

Não há fórmulas mágicas. Se quer uma receita para te ajudar a emagrecer, sem segredos, atividade física! Será bom estar mais disposto e, de quebra, queimar calorias e melhorar o condicionamento físico.

Emagrecer lentamente é desestimulante, já que não vê os resultados rapidamente? E o que dizer das várias tentativas frustradas? Como se sente quando se recorda de tantos sacrifícios?

Então, siga as 10 dicas para emagrecer de forma saudável. E, é claro, duradouro.

1. Não tenha pressa. Se está acima do peso, pergunte-se há quanto tempo carrega esse excesso. Então, para que eliminar peso do dia para a noite? (Clique aqui e veja quanto precisa emagrecer e comece agora sua reeducação alimentar!)

2. Corrija gradativamente a sua atitude em relação aos alimentos.

3. Não exclua de um dia para outro aquele alimento que só de pensar dá água na boa. Na verdade, nunca o exclua, mas saiba quando e quanto pode ingerí-lo.

4. Controle a ansiedade. Encontre uma distração ou um hobby que faça com que a sua atenção desvie da comida.

5. Estipule horários para as refeições.

6. Deixe de comer aquele doce e substitua pela fruta da sua preferência.

7. Beba muita, mas muuuuuita água.

8. Deixe o seu prato colorido. Saladas e legumes devem estar presentes diariamente no almoço e jantar.

9. Se alguém notar que está adotando novos hábitos e perguntar se está de "regime", mande um audível "não". Muitas pessoas adoram sabotar as boas intenções alheias.

10. Confie em você! Tenha sempre uma atitude positiva. Estar determinada e confiante é mais do que meio caminho andado para atingir o seu objetivo.

Por:
Roberta Stella
Nutricionista formada pela Universidade de São Paulo (USP)

 

Fonte: cyberdiet.terra.com.br


 

Vantagens e Desvantagens da Cafeína

É muito importante ficarmos atentos as dicas:

A cafeína é uma substância que se encontra presente em nossos hábitos de consumo. Como sabemos, é um estimulante que pode vir a calhar quando necessitamos de uma dose de energia, mas o consumo excessivo pode ter consequências negativas. São muitas as críticas, mas o seu consumo tem benefícios para a saúde, desde que seja consumida com moderação.

Vantagens da Cafeína

A cafeína é um alcalóide com um efeito estimulante que está presente em algumas bebidas como chá, coca-cola, guaraná, café ou em alguns produtos para emagrecer.

  • É uma substância que nos fornece energia e aumenta o nosso estado de alerta. Limpa e estimula os efeitos da adrenalina. Portanto, pode ser uma aliada no trabalho, estudo e esporte para conseguir uma maior concentração. Sim, o seu consumo deve ser moderado.
  • É aconselhável para pessoas que sofrem de pressão arterial baixa, já que sobe a pressão arterial.
  • Influencia o estado de humor e ajuda a ter uma atitude mais ativa com os outros. Pode produzir uma sensação de entusiasmo.
  • Ajuda a aumentar o desempenho dos atletas, uma vez que melhora o ritmo do exercício físico.
  • Reduz o risco de sofrer de Parkinson, segundo alguns estudos.
  • Melhora a respiração, a asma e as alergias. De fato, é uma das principais substâncias em muitos medicamentos para aliviar problemas respiratórios.

Desvantagens da Cafeína

Se o consumo de cafeína for excessivo, pode-se sofrer de:

Nervosismo ou insônia

  • Taquicardia
  • Tremores
  • Irritabilidade
  • Diurese, náuseas e vômitos.
  • Problemas digestivos, como azia ou diarreia

A moderação do consumo depende do grau de tolerância de cada um.

O fato de tomar uma xícara de café não é viciante, mas quanto mais você consome, mais você vai necessitar conseguir esse efeito energético que se espera da cafeína. Devemos acrescentar que deixar de ingerir cafeína em grandes quantidades pode causar sintomas de abstinência, dor de cabeça e tristeza.

 

Fonte: saudeedicas.com.br