Categorias

Notícias em O melhor do bairro de Butantã, São Paulo, SP

quinta-feira, 01 de dezembro de 2011
Eleição no Conselho Gestor do Hospital Sara

No último dia 26, o Hospital Sara (Hospital e Maternidade Mário Degni) ganhou uma nova gestora.
Nina Rosa Pereira Caldas, moradora do Butantã há mais de 39 anos e assessora parlamentar do vereador Aurélio Miguel desde 2006, tem como principal luta melhorar as condições de atendimento do hospital. "É preciso ampliar e modernizar o hospital, que é o único municipal da região e conta apenas com 86 leitos", diz a eleita.

Nina Rosa Pereira Caldas é ex-presidente do Conseg Butantã em dois mandatos (2005 e 2009); ganhou um Certificado de Mérito Comunitário em 2006, outorgado pelo 16º Batalhão de Policia Militar; foi nomeada em 2006 no projeto Amigo do Butantã, pela Subprefeitura do Butantã; recebeu a Medalha Governador Pedro de Toledo em 2007 pela Sociedade Veteranos de 32 – M.M.D.C; ganhou o prêmio Mulher Empreendedora em 2008 pela Associação Comercial de São Paulo – Distrital Butantã; em 2009, conquistou o reconhecimento de Amiga do 4º Batalhão de Policia Militar e em 2010 recebeu a Honra ao Mérito pela Coordenadoria Estadual dos Consegs – Secretaria da Segurança Pública.

Localizado na Vila Antônio, Distrito do Rio Pequeno, o Hospital e Maternidade Professor Mário Degni, atende a Zona Centro-Oeste do município de São Paulo. Faz parte do SUS – Sistema Único de Saúde, atendendo nas seguintes especialidades: Clínica médica (clínica geral), Ginecologia, Parto e Cirurgia. O hospital conta com 86 leitos equipados e possui um grupo de voluntários que auxilia nos cuidados com os pacientes.
Fonte:Jornal Oeste News
 

quinta-feira, 01 de dezembro de 2011
ACSP leva Marco da Paz à Itália

Em novembro , uma caravana de 35 pessoas da Associação Comercial de São Paulo embarcaram rumo a Assis, na Itália, para entregar o Marco da Paz à cidade. Ao chegar em solo italiano, o grupo foi recebido pelo prefeito de Assis e, juntos, colocaram um monumento em um bosque da cidade, cercado com portões e por onde a população passeia.

As 35 pessoas também foram recebidas pelo papa Bento XVI, que abençoou a caravana e o idealizador do Marco da Paz, Gaetano Brancati Luigi, que foi condecorado como Cavalheiro da Paz. Faziam parte da caravana alguns integrantes da Distrital Butantã da ACSP: Ana Stoianov, Marly Baruffaldi, Darcy Garcia e a família Imbimbo Orlando, Iéris e Ângela.

Sobre o Marco da Paz
O "Marco da Paz" é um monumento único no gênero. Foi criado, entre outras coisas, para inspirar na Humanidade a importância da Cultura da Paz, para que, nas nossas futuras gerações, ele seja a realidade que buscamos de um mundo melhor. Criado em 1999, o monumento foi inaugurado em dezembro de 2000 e desde então conta com o apoio da Associação Comercial de São Paulo. O idealizador do projeto foi Gaetano Brancati Luigi.

O primeiro Marco da Paz, instalado no "Pateo do Collegio" ( berço da Cidade de São Paulo ), é visitado diariamente por turistas do mundo inteiro que fazem questão de tirar fotos com os pés sobre a placa de bronze de seu Continente, além de crianças e jovens estudantes.

Fonte:Jornal Oeste News

quinta-feira, 01 de dezembro de 2011
Aniversário do Butantã é comemorado com famílias antigas da região

No dia 16 de dezembro, o Butantã comemorou 112 anos de história com uma festa tão especial quanto a data. Um encontro de famílias antigas da região no Buffet Dafne, localizado na rua Alvarenga, reuniu mais de 200 pessoas que trocaram experiências e histórias relacionadas ao bairro.

O Butantã foi fundado em 1899 e desde então, muitas transformações aconteceram nessa região, que nasceu com a vocação de crescer e prosperar, garantindo bem-estar aos moradores. Atualmente, o bairro tem 56 km² divididos em cinco distritos - Butantã, Morumbi, Vila Sônia, Rio Pequeno e Raposo Tavares - nosa quais mora uma população de quase meio milhão de pessoas.

Fonte:Jornal Oeste News

sexta-feira, 25 de novembro de 2011
Novas Estações do Pedalusp

Já está funcionando o sistema de empréstimos de bicicletas do Pedalusp.
Os testes foram ampliados para 16 bicicletas e as estações que funcionavam na Escola Politécnica foram desativadas e transferidas para o Centro de Visitantes (Portão 1) e para o Metrô Butantã.
Ligando as estações, uma ciclovia e uma rota de bicicletas foram construídas para que o trajeto possa ser realizado com mais segurança.
O sistema de empréstimo do Pedalusp funciona, nesta primeira etapa, com o cadastramento pelo site das carteirinhas da USP, sendo assim, fica restrito ao uso pela comunidade uspiana (alunos, funcionários e professores).
Fonte: Jornal Oeste News

sexta-feira, 25 de novembro de 2011
Aurélio Miguel consegue verbas para o Butantã

Uma das principais qualidades do homem público é a sua fidelidade.
Obediência aos seus princípios morais, éticos e o respeito aos compromissos assumidos com seus eleitores.
É dessa forma que o vereador Aurélio Miguel pauta o seu mandato. Líder do PR na Câmara Municipal de São Paulo, trabalha em prol do cidadão paulistano, pelo desenvolvimento da capital paulista. Atento a tudo o que acontece no município, o judoca campeão olímpico que escolheu a política como seu outro campo de luta não descuida da região onde nasceu, se criou e mora até hoje. "Tenho batalhado e conseguido melhorias para a região. Nos últimos dois anos importantes conquistas para o Butantã foram alvo de meu trabalho", declarou Aurélio.
Por sua indicação e fruto de intensa articulação, cerca de R$ 7 milhões foram investidos nesse importante trecho da capital paulista.

Além de uma atuação parlamentar firme no propósito de fiscalizar a aplicação do dinheiro público e a qualidade desse investimento, Aurélio Miguel não se descuida da questão de verbas para obras na área da Subprefeitura do Butantã. "Nada se faz sem dinheiro. Então faço o possível para que as demandas da população sejam atendidas. Mas fico de olho naquilo que é feito, pois o dinheiro público deve gerar obras de qualidade", comentou Aurélio.

Entre as obras e programas que foram beneficiados pelas verbas indicadas merecem destaque a implantação do projeto Criança em Ação (interrompido neste ano pela Prefeitura), a construção e implantação de um ecoponto e quatro miniecopontos, o programa de atendimento Pronta-resposta, o fornecimento de equipamentos de som, luz e mobiliário para a Casa da Cultura do Butantã, além de valores que resultaram em inúmeras obras junto às comunidades mais carentes dos bairros que integram a região.
Também mereceram atenção do vereador Aurélio Miguel obras viárias e a revitalização de inúmeros espaços públicos tais como o existente na esquina das ruas Wladimir do Amaral e Hideo Oshima e em toda a extensão da aveni da Rio Pequeno coma revitalização de suas calçadas.

Outro ponto que mereceu a atenção de Aurélio foi a praça Vinicius de Moraes que ganhou muretas de proteção aos usuários do local e equipamentos de ginástica para a terceira idade. "Mas ainda falta muita coisa e meu trabalho continua. São Paulo é uma cidade carente de serviços à população e por mais se que faça, sempre haverá muito que fazer", avaliou Aurélio ressaltando que seu gabinete permanece à disposição das reivindicações dos paulistanos do Butantã. "Venham sugerir, reivindicar, reclamar. Participem de meu mandato", insistiu Aurélio Miguel.

< Anterior | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14 | 15 | Próximo >