Alterar Região
Tenha seu próprio negócio na internet em parceria com a empresa líder em diretórios regionais no Brasil.
Torne-se um franqueado do Portal O Melhor do bairro e obtenha ótimos ganhos gerenciando este website.
Categorias

Notícias em O melhor do bairro de Centro, Conselheiro Lafaiete, MG

terça-feira, 03 de março de 2015
Olimpíada Estudantil reunirá mais de mil estudantes

A prefeitura de Conselheiro Lafaiete por meio das Secretarias Municipais de Educação e Esporte realiza entre os dias 17 e 21 de março a 18ª Olimpíada Estudantil com a participação de alunos/atletas de escolas municipais, estaduais e particulares. Segundo o coordenador da competição, Dirnei Nunes Nascimento, a Olimpíada Estudantil será disputada nas modalidades de handebol, futsal, basquete, vôlei e xadrez nos módulos feminino e masculino para atletas com idades entre 12 e l7 anos.

A secretária municipal de Esporte, Rosângela Cristina Alves Ferreira explicou que a Olimpíada Estudantil também equivale a fase municipal dos Jogos Escolares de Minas Gerais no qual as equipes classificadas vão à fase microrregional da competição. Segundo ela, no ano passado 900 atletas participaram dos jogos e para 2015, já houve a inscrição de aproximadamente 1200 alunos.

Congresso técnico

Concresso técnico

Na última sexta-feira, 27/02 aconteceu o congresso técnico no auditório da Secretaria Municipal de Educação com a participação de representantes das equipes e das escolas participantes da olimpíada. Durante o encontro foram sorteados os confrontos entre as esquipes e acertados os detalhes quanto à disputa dos jogos.

A abertura da Olimpíada Estudantil está marcada para o dia 17/03, às 8h, no ginásio da Escola Estadual “Narciso de Queirós”. Os jogos terão entrada franca e serão disputados nos ginásios do Clube Carijós, Escola Estadual “Narciso de Queirós”, Escola Estadual ”Monsenhor Horta” e da Escola Municipal “Nilce Moreira”.

Fonte: Fato Real

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015
Prefeitura de Lafaiete promove tapa-buraco com uso de asfalto ensacado

A Secretaria Municipal de Obras da Prefeitura de Lafaiete intensificou nas últimas semanas a operação tapa-buracos na cidade com uma novidade: a utilização de um novo tipo de produto, o asfalto a frio ensacado, que está sendo aplicado nas vias com buracos de pequeno porte.

DSC03267

O secretário municipal de Obras, Túlio Dutra, explicou que o produto dá mais agilidade ao trabalho da equipe de pavimentação. Segundo Dutra, o asfalto ensacado causa menos sujeira nas ruas e dispensa a aplicação de emulsão asfáltica e a utilização do rolo para a compactação, que é feita com o próprio fluxo do trânsito nas vias sem causar danos nos veículos.

O secretário disse ainda que por meio de licitação a prefeitura adquiriu um lote de 500 sacos deste tipo asfalto que será utilizado em vias que apresentam buracos pequenos e com maior fluxo de veículos. Nas ruas onde existem buracos maiores a Secretaria de Obras continuará utilizando o asfalto que é produzido na usina do município. 

O diretor do Departamento de Pavimentação da Secretaria de Obras, Gilson José de Oliveira, aprovou a utilização do asfalto ensacado e afirmou que a operação tapa-buraco ganhará agilidade sem impactar o trânsito nas vias públicas. O diretor ressaltou que a programação para a realização da operação tapa-buraco é feita de acordo com as ruas que apresentam maior necessidade de manutenção e com maior fluxo de veículos.

Nesta semana a equipe de pavimentação da secretaria realizou a operação tapa-buraco, nas ruas: Ângelo Marzano e Antônio Aureliano, no bairro Cachoeira; avenida Monsenhor Moreira e ruas Luiz Leite, Dr. Campolina, Wenceslau Brás, Comendador Nemézio, Doutor Moreira e avenida Furtado, no bairro São Sebastião. No centro da cidade também receberam o serviço as ruas: Homero Seabra, Deputado Antônio Franco Ribeiro e José Nicolau de Queirós. 

Fonte: Fato Real

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015
Caminhoneiros liberam BR-040 em Congonhas

Depois de quase um dia de manifestação na BR-040, região do Pires, em Congonhas, os caminhoneiros começaram a seguir viagem, por volta das 7h da manhã desta quarta-feira (25/02). A liberação se deu por força de uma decisão judicial que determinou a liberação das estradas mineiras.

O trânsito segue com algumas restrições, devido ao intenso número de caminhões trafegando pela 040.

Em entrevista ao site de notícias Fato Real, o inspetor da Polícia Rodoviária Federal, Machado, relatou que a liberação foi realizada de forma pacífica. O inspetor alerta para o grande fluxo de veículos pesados que vão estar na BR-040, em ambos os sentidos, durante a manhã desta quarta-feira, devido a liberação de diversos pontos onde havia manifestações. “O motorista que puder evitar pegar estrada na manhã e começo da tarde desta quarta-feira é bom evitar. O fluxo de caminhões está intenso desde a liberação. Calculamos que no final da tarde de hoje o trânsito deve voltar ao normal.”

As manifestações, contra a alta nos preços do combustível e dos pedágios e por melhores condições de trabalho, foram desencadeadas na madrugada de domingo, 22, e atingiram várias regiões do estado mineiro.

Em Minas, a PRF não registrou confrontos ou presos durante os atos.  Nesta quarta, o governo federal vai se reunir com representantes dos caminhoneiros e empresários, às 14h, no Ministério dos Transportes, em Brasília.

Fonte: Fato Real

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015
Obras vão interditar parcialmente BR-040

Nesta semana, a Via 040 dá continuidade às obras de recuperação da BR-040. E por conta disso, a via será interditada em alguns momentos. Confira o cronograma:

Serviços: conservação e manutenção

- Serviço de conservação e manutenção de Congonhas (Km 620) a Juiz de Fora (Km 773), de 23 de fevereiro a 1º de março. Os trabalhos ocorrerão de segunda-feira a domingo, das 7h às 17h. Haverá interdição parcial das pistas sentido Brasília e Rio de Janeiro.

- Serviço de conservação e manutenção de Carandaí (Km 665) a Barbacena (Km 712), de 23 de fevereiro a 1º de março. Os trabalhos ocorrerão de segunda-feira a sábado, das 6h às 20h. Haverá interdição parcial das pistas sentido Brasília e Rio de Janeiro.

- Construção da Praça de Pedágio em Itabirito (Km 576 a Km 577), de 23 de fevereiro a 1º de março. Os trabalhos ocorrerão de segunda-feira a sábado, das 7h30 às 17h30. Haverá interdição parcial das pistas sentido Brasília e Rio de Janeiro.

- Construção da Praça de Pedágio em Conselheiro Lafaiete (Km 642), de 23 de fevereiro a 1º de março. Os trabalhos ocorrerão de segunda-feira a sábado, das 7h30 às 17h30. Haverá interdição parcial das pistas sentido Brasília e Rio de Janeiro.

- Construção da Praça de Pedágio em Barbacena (Km 714), de 23 de fevereiro a 1º de março. Os trabalhos ocorrerão de segunda-feira a sábado, das 7h30 às 17h30. Haverá interdição parcial das pistas sentido Brasília e Rio de Janeiro.

Fonte: Fato Real

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015
Paralisação de caminhoneiros chega à região

A manifestação de caminhoneiros se estende a cada hora para novas rodovias de Minas Gerais. Na noite desta segunda-feira, 23/02, o protesto chegou a BR-040, em Nova Lima, e em Contagem, ambas na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os motoristas de veículos de cargas foram parados no km 558 e no km 523. O mesmo aconteceu em cinco pontos da BR-381, entre a capital mineira e São Paulo, na BR-262, em Juatuba, e na MG-050, em Itaúna, Região Centro-Oeste do estado.

E na manhã desta terça-feira, dia 24 de fevereiro, a manifestação ganhou força na região. No Pires, em Congonhas, já existe uma longa fila de caminhões e carretas parados na pista. 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os caminhoneiros chegaram no Pires por volta das 10h da manhã. Eles pararam os veículos no acostamento próximo ao km 603. Caminhões e carretas estão sendo impedidos de continuar a viagem e os condutores convidados a seguir no ato. Não há previsão para a liberação da rodovia.

Impacto

Os bloqueios feitos por caminhoneiros nas BRs 040, 381 e 262 já começam a impactar empresas de Minas Gerais e de outros estados. Na tarde desta segunda-feira, a montadora Fiat dispensou os funcionários de dois turnos por causa da falta de peças. Os caminhões com o material ficaram presos na manifestação. Somente na Fernão Dias, estrada que liga Belo Horizonte a São Paulo, quatro trechos estão parcialmente fechados. Veículos de carga estão proibidos de passar pelos locais. O congestionamento na rodovia já ultrapassa os 36 quilômetros.

Os motoristas protestam contra a alta do preço do óleo diesel e exigem o aumento do valor do frete. Eles reivindicam ainda a revisão da Lei 12.619, aprovada no Congresso e que deve ser sancionada pela presidente Dilma Rousseff. Segundo a legislação, o motorista deve repousar 11 horas num prazo de 24 horas e parar por uma hora por refeição. Os caminhoneiros querem 8 horas de descanso.

Fonte: Fato Real

1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | Próximo >